A Ribeira

Anda a ribeira a cantar,

Em manhã de nevoeiro.

Está o dia pra chegar,

Beija-a o sol bem ligeiro.

Oh ribeira, oh ribeira,

Não sejas tão atrevida!

Corre pro rio depressa,

Lavar as mágoas da vida.

Refrão

Água cristalina,

Noites de luar.

Anda cá menina,

Vamos namorar!

Anda a ribeira,

Sempre a namorar

Com o rio grande,

Vão os dois pro mar.

Refrão

Ai que romance bonito,

Um romance d’encantar.

Em manhã de nevoeiro,

Anda a ribeira a cantar.

Oh ribeira, oh ribeira.

Corre que lá vem o frio!

Enlaça as tuas águas

Nas águas do doce rio!

Refrão

Letra: Dina Bicas

Música: Armando Machado

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.